A H.H.PICCHIONI S/A - CORRETORA DE CÂMBIO E VALORES MOBILIÁRIOS, ATUA NO SEGMENTO DE CÂMBIO, DEVIDAMENTE AUTORIZADA PELO BANCO CENTRAL DO BRASIL. NÃO OFERECE NENHUMA MODALIDADE DE EMPRÉSTIMO OU CRÉDITO.

Empresas Picchioni
Nossa história

2000

Março: bolha da Nasdaq.
Dezembro: criação do “Novo Mercado” na BOVESPA.

2001

Maio: Apagão Energético.
11 de Setembro: World Trade Center.
Outubro: nova lei das S/A’s.
Escândalo da ENRON.
Novembro: crise da Argentina.

2002

Maio: marcação a Mercado para Fundos.
Junho: Lei Sarbanes – Oxley.
Julho: Brasil Pentacampeão do Mundo.
Outubro: Dólar a R$4,00, em seu pico.

2003

Março: Guerra do Iraque.

2004

Dezembro: Tsunami.

2005

Setembro: fim do pregão Viva-Voz.

2007

Julho: crise do Subprime.
Outubro: IPO BOVESPA.
Novembro: IPO BM&F.
Petrobrás anuncia Tupi.

2008

Abril: Brasil ganha o Investment Grade.
Setembro: quebra do Lehman Brothers.
Novembro: eleição de Barack Obama.

2000 - 2009

2010

Janeiro: crise da dívida pública na zona do Euro.
Abril: vazamento de Petróleo no Golfo do México.

2011

Março: Terremoto e Tsunami no Japão.
Agosto: S&P rebaixa o EUA.

2013

Outubro: 1º Leilão do pré-sal (Campo de Libra).

2010 - (...)

1945

Agosto: bombardeamentos de Hiroshima e Nagasaki.
Setembro: termina a 2ª Guerra Mundial.
Outubro: Getúlio Vargas é deposto da presidência do Brasil; fim do Estado Novo.
Inicio da Guerra Fria.

1946

Janeiro: o general Eurico Gaspar Dutra toma posse como presidente do Brasil, substituindo José Linhares.
Setembro: promulgada a Constituição brasileira de 1946.

1947

Agosto: independência da Índia do Reino Unido.

1948

Maio: o Estado de Israel se torna independente.

1949

Abril: a OTAN é criada.
Setembro: a Republica Federal da Alemanha é oficialmente fundada.
Outubro: criada a República Popular da China.
Criada a República Democrática Alemã.
Iniciou-se a produção industrial da pilha alcalina.

Anos 40

1950

Outubro: Getúlio Vargas é eleito presidente da república com 49% dos votos válidos.
Início da Guerra da Coreia

1951

Janeiro: Getúlio Vargas assume seu 2º mandato como presidente do Brasil, desta vez eleito por voto direto.

1952

Fevereiro: Isabel II sucede seu pai Jorge VI como monarca do Reino Unido.
É realizada a primeira reunião da ONU na sua sede permanente, em Nova York.

1954

Golpe Militar sobre o governo do Paraguai.

1955

Novembro: início da Guerra do Vietnam

1956

Janeiro: início do mandato presidencialista de Juscelino Kubitschek (21º presidente).

1958

Julho: fundada a NASA em Washington, D.C.
Brasil campeão da Copa do Mundo

1959

Revolução Cubana.

Anos 50

1960

 Abril: inauguração da nova capital do Brasil, Brasília.

1961

Janeiro: Estados Unidos cortam relações diplomáticas com Cuba, dois anos depois de Fidel Castro assumir o poder na ilha.
John F. Kennedy toma posse como novo presidente dos Estados Unidos.
Abril: cosmonauta russo Yuri Gagarin torna-se o primeiro homem a ir ao espaço.
Fundação da Eletrobrás.
Agosto: começa a ser erguido o Muro de Berlim.
Setembro: emenda constitucional instaura o parlamentarismo no Brasil.

1962

Fevereiro: O presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, aprova “embargo total” contra Cuba.
Junho: o Brasil vence a Copa do Mundo FIFA de Futebol.

1963

Novembro: John Kennedy é assassinado.

1964

Março: Golpe Militar.
Dezembro: criação do Banco Central.

1965

Julho: criação dos Bancos de Investimentos.

1968

Janeiro: criação da Ibovespa.

1969

Setembro: sequestro do Embaixador americano.
Julho: o homem pisa na Lua.

Anos 60

1970

Junho: Brasil é Tri da Copa do Mundo.

1971

Agosto: fim da paridade Dólar-Ouro nos Estados Unidos com Nixon presidente.
Fevereiro: criação da Nasdaq.

1972

Junho: Watergate.

1973

Outubro: 1º Choque do Petróleo.

1974

Agosto: renúncia de Nixon nos EUA.
Novembro: criação do BNDES para o desenvolvimento de empresas privadas no país.

1976

Dezembro: criação da Lei das S/A’s.
Criação da CVM.

1979

Setembro: 2º Choque do Petróleo
Dezembro: 1ª Maxi-desvalorização do Cruzeiro (-30%)

Anos 70

1982

Agosto: Default do México.

1983

Fevereiro: 2ª Maxi-desvalorização do Cruzeiro (-30%).

1984

Janeiro: Diretas Já.

1985

Janeiro: Tancredo Neves é eleito Presidente.
Março: morte de Tancredo Neves.
Fim do Regime Militar.

1986

Fevereiro: Plano Cruzado.
Julho: ágio nos preços
Novembro: Plano Cruzado II.

1987

Janeiro: moratória Sarney.
Junho: Plano Bresser.
Outubro: crash de 87 da Bolsa de NY.

1988

Outubro: Constituição de 88.

1989

Janeiro: Plano Verão.
Junho: caso Naji Nahas.
Setembro: colapso dos Junk Bonds.
Novembro: queda do Muro de Berlim.

Anos 80

1990

Março: Plano Collor 1.
Agosto: Guerra do Golfo.

1991

Janeiro: Plano Collor 2.
Março: criação do Mercosul.
Dezembro: fim da URSS.
Fim da Guerra Fria.

1992

Maio: CPI PC Farias.

Setembro: Impeachment Collor e Itamar Franco assume.

1993

Maio: FHC assume o Ministério da Fazenda.

1994

Maio: quebra do Banco Econômico.
Julho: Plano Real.
Brasil Tetra campeão do Mundo.
Outubro: eleição Fernando Henrique Cardoso.
Dezembro: crise do Peso Mexicano.

1995

Fevereiro: quebra do Barings Bank.
Março: Bandas Cambiais.
Agosto: IPO Netscape.
Novembro: quebra do Banco Nacional.
Criação do PROER.

1997

Maio: alteração da Lei das S/A’s.
Julho: crise da Ásia.

1998

Janeiro: escândalo Mônica Lewinsky.
Agosto: Moratória da Rússia.
Outubro: quebra do Fundo de investimento Long-Term Capital Management.
Dezembro: Crise Brasileira.

1999

Janeiro: adoção do Câmbio Flutuante.
Abril: criação do Home Broker.

Anos 90

Em 1945, as empresas Picchioni iniciavam suas atividades através da atuação pessoal do seu fundador como corretor de Fundos Públicos.

Em 1967, sob a forma de Sociedade por Quotas de Responsabilidade Limitada, foi constituída a Picchioni Corretores de Bolsa e Câmbio Ltda.

Com a ampliação dos seus negócios, em 1972, transformou-se em Sociedade Anônima de Capital Fechado.

A Picchioni Corretora de Câmbio tem atuação em Minas Gerais e São Paulo (capital), principalmente nos mercados de câmbio turismo, comercial e remessas internacionais.

É uma corretora inteiramente voltada à prestação de serviços, dispondo de ambiente operacional de alta performance com assessores treinados e qualificados oferecendo atendimento personalizado.

A prioridade da Picchioni é aperfeiçoar cada vez mais a qualidade dos serviços, atender aos seus clientes com profissionalismo, transparência e agilidade. Filosofia presente desde sua fundação.

MISSÃO

Assessorar nossos clientes em investimentos, câmbio e serviços financeiros, visando valorizar o seu patrimônio.

VALORES

  • Ética e excelência.
  • Competitividade no mercado mineiro

VISÃO

Ser referência em investimentos, câmbio e serviços financeiros.

NEGÓCIO

  • Rentabilidade com segurança.
  • Satisfação do cliente.

DIFERENCIAIS

  • Tradição
  • Ética nos negócios
  • Mix de produtos
  • Atendimento personalizado
  • Agilidade nas decisões
  • Tecnologia de ponta
  • Satisfação do cliente
Fale conosco